Viver é atravessar o Mar de Dentro. Elke Lubitz

segunda-feira, 30 de junho de 2014

Segurança

Lugar algum
é

Seguro

Pra quem

Tem

Asas.

(elke lubitz)  arte: Manuela Kral


domingo, 29 de junho de 2014

Micro texto tosco

Não 

 "Soul"


 FLor

 que

 Me


 Cheire!

(elke lubitz)   arte :  Laura Zalenga


De sal a sol



de sal a sol


horizonte sem sol

 aqui perto

 aro de nuvens



esquadros de mim

 no mar

 só a (mar)


um cata-vento de sal

( elke lubitz)    arte Anna Hurtig


Tempo ( matriz)

O tempo era feminino

 Matriz dos dias, 

 Criador das horas

 Gesta o futuro

 sem pressa alguma

 nenhum segredo``

 É feminino, só o nome

 É de menino 

 No fim do tempo 

 Ficam os nomes

 Sempre, meninas

 São as memórias....

 As histórias.....

(elke lubitz)   arte: Presente da página "  Sonhar a realidade" no facebook


sábado, 28 de junho de 2014

Essência

vida:

 Favor devolver

 este perfume 

 Derramado,

 Ficou o aroma

 e

 um frasco 

 Vazio.

(elke lubitz)  arte Karolina Stus

sábado, 21 de junho de 2014

Aos Medos

Nunca é

Escuro

Quando

Fecho

Os olhos.

(elke lubitz)  arte: rosalie denik


quarta-feira, 18 de junho de 2014

Tremor

Vou temer
até
a
Morte

O que

De bom

Em mim.

(elke lubitz) arte victoria audouard


terça-feira, 10 de junho de 2014

La Mer

Viver é atravessar o Mar de Dentro.

(elke lubitz)



Medidas

A vida consiste no saldo entre: O negativo a abstrair e o positivo a agregar.

 Aferição do coração.

(elke lubitz)  arte jason bell


segunda-feira, 9 de junho de 2014

Sonambulismo

A vida intensa vivia adentrando o sonambulismo dos sonhos.

(elke lubitz) arte: shilder hermanus


terça-feira, 3 de junho de 2014

Luausente

Alcanço a maré

 no meio da lua

 espelhos de mim


- água tua


 Lanço ventos

 modulo sons

 restos de mim


- água azul


 Cílios de luz

 piscam no cais

 Ausências assim


 - realidade crua.

(elke lubitz) arte : herb ritts


segunda-feira, 2 de junho de 2014

Pintura ínfima

Corou com blush caro, surpresas ao dia. 

 Porque pálida é a tez da poesia.


(Elke Lubitz)  arte: Nikos Vasilakis




Ascensão

 Em gris de 

 alma

 não há

 luz que

 - Ascenda-

 levita um corpo,

 pesadas carnes

 dos 

 sentidos;

 obras de uma retina

 incompleta,

 um dúbio pouso de cílios

 nas varandas da Noite.

(Elke Lubitz)  arte: Aliza Razell


EcoPoeMa

Eco é a vida da palavra fora do Corpo.

(elke lubitz)




Das Rutilâncias


o menino segura 

 nas mãos

 o "desmundo"


 no para sempre 

 do sonho


 dorme a 

 luz.

(elke lubitz) arte : jordi rios


domingo, 1 de junho de 2014

Viração

Na viração

 do

 Dia,


 Virar ave

 bastaria,


 asa- canto- poesia.

(elke) arte : samy charmine



Trapaças

trapaceio dívidas

 dúvidas


 eflúvios e

 fluídos

 cerebrais


 Deixo a conta

 pago em versos

 o ambidestro


 Texto, que a vida me

 deu.

(elke lubitz)