Viver é atravessar o Mar de Dentro. Elke Lubitz

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Cinzel

nunca ensaiei
asas
sou domadora
pra esculpir
excertos...

elke lubitz arte sarah alegra

Luz silente

apaguei as mãos
no silêncio dos dedos
recolhi as conchas
de outras noturnas
vidas.

*****
elke lubitz foto giuseppe milo

Palhaços

Há no meu coração um mezanino abrigador de palhaços e poetas.
Quem sabe o Paraíso tenha piedade também...

elkelubitz img josecouto

terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Luz

Não fica
Escuro
Quando
Fecho
Meus...
Olhos.

*   elkelubitz fotografia Izabel Demarchi

Todos os pretéritos

O tempo
nunca ...
se alcança:
o hoje
é o futuro
inventado
no ontem recriado
e.t.e.r.n.a.m.e.n.t.e.

*
elkelubitz  img josecouto

dorso

No dorso
do corpo
inVerso/reVerso...
Reciclo
presságios
Em poesia
- Onde toda minha pele veste primavera.
*
elkelubitz img josecouto

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Velho

    Memórias de um poeta:
    - Já fui velho, hoje sou criança.

    *
    elkelubitz img josecouto

Pés (2) com a parceria de Geu Colicchio

Pés de estrelas
atados em nuvens
descalçam meu chão....
Elke
"Pés de estrelas
Atados em chão
Descalçam minhas nuvens"

Geu Colicchio

pés

pés de estrelas
atados em nuvens
descalçam meu chão...

*******
elkelubitz      img josecouto

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Atemporal

Custa- me deixar
O outrora
No amanhã ...
De
Agora.

*
elkelubitz img josecouto

 

quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Noite

Ainda é
Cedo
A noite...
Cala,
No céu
Da
Boca uma
Estrela
Estala.

*
elke img Clai Mont

Noite

Ainda é
Cedo,
A noite
Cala,
No céu...
Da
Boca uma
Estrela
Estala.

** elke lubitz img josécouto

Gênese

No princípio era...
O verbo
Carne do poema
Exposta a alguns milímetros do chão
No princípio dançava
Em cores
Rodopiava em palavras
Aquecidas no ventre
Da melancolia
No princípio era uma vida
Desenhada ao sabor do
Universo
_ Um viés do futuro
Infinito Plano Mor
Pós verbal
No princípio também eu,
Sonhava...

*
elkelubitz   img josecouto

terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Vidro

Luar de vidro

Janela adormecida

Vento distraído.

*

elkelubitz

Asas (2)

Toda asa quando estica rasga a pele.

*
elke    img jose couto

Asas

Toda asa quando estica rasga a pele.

***
elkelubitz fotografia: Rossana Monteiro

Compreensão

Diáfano Ser
perpassado ...
no olho
da
Agulha
que sangra
A carne
Dos teus dedos
Estelares
_ infinitudes


**** 
elkelubitz - img josecouto
 

Amor

e o amor era pra ela
o brilho da cera
.
a cera do rosto...
e
derreteu...

****
elkelubitz img João Makarius


Espinha

Me dói o dorso
- Que espinha flexível essa!
Minhas tantas pernas...
minha tonta vida
Eu giro poemas
de poucos braços
Então me acho
ao pé da cama,
eu, barata ( tonta)
de Kafka
me dói o dorso
me dói o verso
Vida de inseto não faz
justiça e nem poesia !

elkelubitz - img jose couto

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

ASCENSÃO

Teus
Versos
em...
Vertical,
não
Caem:
- Crescem,
Posto que
o
Tempo
é
Espiral.

***
elkelubitz img jose couto