Viver é atravessar o Mar de Dentro. Elke Lubitz

terça-feira, 19 de setembro de 2017

• REVISTA DE OURO •: A POÉTICA DE ELKE LUBITZ

• REVISTA DE OURO •: A POÉTICA DE ELKE LUBITZ: Sete poemas da poeta catarinense ELKE LUBITZ VIAS São tantas as vias na mão da poesia São tantos infinitos na mão do tempo Sou t...






terça-feira, 20 de junho de 2017

Mulher Peixe

Mulher Peixe
*
Nada do que escrevo
é de bom tom
literário
Nadar no raso
e morrer à margem
Nada do que escrevo
traz fervura em água morna
Nada do que escevo é sério
sou peixe agonizante
Nessa rede
Infinita, luz que habita
no frasco guardado
dos teus olhos
Marejados.
*
elkelubitz
photo Iwona sulikowska
*

terça-feira, 13 de junho de 2017

A teoria de Tudo

A palavra é estática, posto que ocupa imóvel um mesmo lugar em diferentes tempos.
A palavra é movimento, posto que dança em formas diferentes em locais sucessivos , move-se de acordo com o olhar do leitor.
O tempo da palavra é sucessivo, desde o nascer do sol até o limiar da noite . Ela ali está, independe do movimento de rotação da terra.
Tem qualidades orgânicas , alimenta-se do pensamento do autor e recicla-se com o pensamento do leitor.
A palavra é eternidade, um movimento libertador composto pelo esplendor da " obscuridade ", pelo mistério metafísico inerente.
O ínfimo momento de uma vida é uma metáfora do Todo que nos abarca e sobre o qual não alcançamos entendimento.
Será ela, a eternidade, um arquétipo da substância do tempo ?
Poderíamos nos aproximar da mente Suprema , se no mínimo nos fosse possível conceber a Teoria de Tudo.
O poeta da Cosmologia é aquele que abrange o Universo em uma fórmula sintética..
Quisera ter a síntese cósmica descoberta de uma maneira elegante para a Teoria de Tudo.
Me arrisco a arriscar, que no momento da Criação, houve o que chamamos de "singularidade" . Momento inaugural.
O momento da criação do tempo-espaço precisou de uma "singularidade", que é o nome dado ao que a ciència não explica.
" Licença poética" senhor. Vou descrever a fórmula elegante da Teoria de Tudo :
_ Deus.

elkelubitz arte tim rei

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Presente da página : Eu & Você

Carambolas

Por conta das carambolas feito estrelinhas na sobremesa dos dias, era uma infância rica, como estrelas de ouro.
Come-las assim, boca infantil de esperança é riqueza sem fim no umbral da memória. Por conta de morro escalado é que nascia aventura, no giro do mundo a tontura. Por conta das feridas e tombos é que se fazia crescer com barulho de chuva uma infância de sol. Por conta dos " desinfinitos" do mundo é que eu não quero crescer. Porque aqui o que é infinito fica bem longe....A viagem é
muito perigosa.
**
elkelubitz

terça-feira, 11 de abril de 2017

Dor



Quando penso
que dor é
coisa que finda
vejo que o longe 
existe,

é um lugar
ainda.
***
elkelubitz

arte: juliana kolesova













sábado, 25 de março de 2017

Lembrete

Amanhã, queridos amigos (as). Às 20: 00 hs no canal 61.4 na TV aberta. No canal 12 da net e no site www.jacarei.sp.leg.br
********************
A poetisa Elke Lubitz, membro da Academia Jacarehyense de Letras, é a entrevistada desta semana do programa 'Gente em Destaque', da TV Câmara Jacareí. Ela nasceu na cidade de Rio do Sul (SC), com parentes vindos da Alemanha, fugidos da Segunda Guerra.
Elke vai relembrar a severa educação que recebeu dos pais, os traumas da infância e, claro, falará de literatura. Não perca! É domingo, dia 26, às 8 da noite nos canais 61.4 na TV aberta, 12 da NET, e no www.jacarei.sp.leg.br, com reprises ao longo da semana em horários variados.