Viver é atravessar o Mar de Dentro. Elke Lubitz

segunda-feira, 30 de março de 2015

bailes da Vida

Escolhi a

máscara

poesia,

é a única

face

que me

serve.

(elke )  Arte Oleg Oprisco


domingo, 29 de março de 2015

quarta-feira, 25 de março de 2015

Desentendimento

Há mistérios na névoa do silêncio como misteriosa é a existência. 

No cerne de tudo 

Extremo,

Corre o vasto 

Desentender mudo.

(elke lubitz) arte:Lela Tsutskiridze


terça-feira, 24 de março de 2015

Poema

o poema é a rosa da dor, pétalas esculpidas no veludo da palavra, hálito noturno de flor, queixume colorido no vão do indizível.

(elke lubitz)


domingo, 15 de março de 2015

queda

Se caio me lambuzo de Lama & Lua.

(elke) criaçoes Dumont (arte)


re- Criação

Me repito

A cada cena

Até poder afirmar

Que nasci.

(elke)  arte : criações dumont

quinta-feira, 12 de março de 2015

Escárnio

Vivo dias

Sorridentes

Dentro da

Cínica

Boca

Do

Tempo.

(elke lubitz) arte: adam martinakis

quarta-feira, 11 de março de 2015

Espectros

Espectros

***

Até os 

pássaros de dentro

Voam alto em

Fria atmosfera.

ramificam suas penas

não temem o frio

Eu ainda

me debato

Quando ato meus 

medos

Plastifico

sentimentos

Meus pássaros de plástico

não morrem.

(elke lubitz)  arte Kiyo Murakam

domingo, 8 de março de 2015

Condor

Prendeu 

O

beija-flor


Ele

Colibriu

a

Gaiola


- condor -

(elke lubitz)
 

sábado, 7 de março de 2015

Artes Cênicas

Me repito

A cada cena

Até poder afirmar

Que nasci.

(elke)   arte: Dina Bova



quarta-feira, 4 de março de 2015

De Passagem

Todos por

Passando
e
Eu...

Passandinho.

(elke)   anka zhuravleva



Lonjuras

o que dilacera

de um

a outro 

polo da

palavra

é a

espera.

(elke lubitz) arte: Dmitry Ageev

geev

terça-feira, 3 de março de 2015

Colores

Há ruídos nas 

Coisas que

Deixaste,

Há cores em

Tuas asas

- Desbotaste,

Há vivas memórias

Em teus sonhos

- Contrastes

Asa, flor, poesia

Teu tempo é

O meu

Encanto,

Meu tempo é

Enquanto.

(elke lubitz) arte silvia bratanova

segunda-feira, 2 de março de 2015

Atemporal

Custa- me deixar

O outrora

No amanhã 

De

Agora.

(elke lubitz)  foto de Cristina Coral