Viver é atravessar o Mar de Dentro. Elke Lubitz

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Saúde

Estas palavras saudáveis

gergelim e gengibre

me fascinam

Amor integral, tempo bendito

é girassol

é girassol

meu óleo, minha vida

unges-me a cabeça

valeriana e passiflora

florei, flori

a massa do meu coração

integral

suprassumo de molho

neste tempo bruto e caolho.

(Elke Lubitz)  arte: Paulis Postazs


Soprinho

A brisa da noite

recolheu em cores

O silêncio

Manhã que arde

no lençol

Alfazema seca

Deita as pétalas

do infinito

em horizontes 

azuis

recobra o sopro

em trino

Ode ao dia:

Supremo dom

da vida.

(elke lubitz)

terça-feira, 11 de novembro de 2014

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

A voz do povo

O povo dizia:

É só

Aquela

Mulher

Com a

Lira

Solta.

(elke)  arte: David Benoliel


Rutilante

  Tudo nela

Cintila

reluz, ouro

halo de

Luz

*****

Donaire

em Gestos

e quebrados

OLhos,

Coração

Labirinto

*******

Ao centro Absinto,

Doce veneno

Morrer aos poucos

*****

Goles simbólicos de 

Qualquer - vinho - Tinto.

(elke)  Arte Christian Schloe


domingo, 2 de novembro de 2014

Resíduos

Somos 

Só 

Uma 

Fresta

DO 

Pouco

Que 

NOS 

Resta

(elke)  Arte : The Heartache By Christian Schloe

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Plágio

    O mar em rendas
    rende...
    abismo da lua
    rente,

    Colchão de estrelas
    e mais um dia
    A plagiar o sol
    E pra onde fugirei da face do Tempo ?
    - Vento.

    (elke)  ao desafio por imagens proposto por Tania Contreiras
    Arte:
      Irina Kuznetsova

Aprendiz

Aquele coração
Aprendiz,

Agora virou
Raíz..

(elke)  ao desafio de Imagens proposto por Tania Contreiras



domingo, 19 de outubro de 2014

Passarinho

Meu peito 

 pássaro 

 enche a boca

De ar e canta

Asa coberta

 derrama o poema

 entalado

No bico,

 delata o risco

 de parecer

Estranho e Só

 no ninho.


(elke lubitz)  arte: Daria Petrilli

Sobreposição

    Um dia
    sobrepõe-se
    a outro...
    feito Kamikaze
    Nasce predisposto
    a desfazer
    o próprio rosto
    Esparramado em
    suas tintas
    Deita á sombra da mesma
    paisagem.

    (elke lubitz)   tela: Kelson Frost

Quando Dorme

    Deita os pensamentos
    Na sacra plumagem...
    Dos Travesseiros de nuvens

    Entorna o verbo
    Oleoso no castiçal
    Do escultor do vento

    Bebe o sumo das
    Horas em rituais
    Na moldura do Tempo

    Oh, anjos do sono
    Ora acordai
    Ora acordai!

    (elke)  arte : Stephan Caltia

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Erros

Meus lapsos

 em 

 poesia

Pontes pênseis

 pensamentos

taquicardia em versos

 erros remendados

Um a um

 Costurados em

 fios de 

mim, lampejos

 de memória

Devolução da

 Imaginação.

(elke) arte: Catherine Chauloux


domingo, 21 de setembro de 2014

Alagadiços


Alagadiços

 *

 *


eram dois globos

 de

 Azul profundo



Tamanho dos

 sonhos

 do

 Mundo


Anunciação ondulante

 de farol distante


É brilho transbordante

 Tamanho

 de abismos

 errantes,


em gotas,

 segundo a segundo...

(Elke Lubitz)


quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Andrajos


    *
    *
    Visto a flor...
    do poema
    na rota da dor

    Viro teor
    do dilema
    assimetria , torpor
    - vaso solitário,
    pintei nele:
    Girassol -

    Guardei no armário.

    (elke lubitz)


quarta-feira, 2 de julho de 2014

Face

Para cada

Desgosto

Uma nova

Ruga

A

Coalhar

Meu Rosto.

(elke lubitz)


terça-feira, 1 de julho de 2014

Seda

É de seda

 o verso

 que fizeste

 maçã cerzida

 em lenços

 de paz

 é de seda 

 a cor da pálpebra

 do sonho

 não, nem pisca

 na seda da dor...

(elke lubitz)  Arte: Christian Schloe


segunda-feira, 30 de junho de 2014

Segurança

Lugar algum
é

Seguro

Pra quem

Tem

Asas.

(elke lubitz)  arte: Manuela Kral


domingo, 29 de junho de 2014

Micro texto tosco

Não 

 "Soul"


 FLor

 que

 Me


 Cheire!

(elke lubitz)   arte :  Laura Zalenga


De sal a sol



de sal a sol


horizonte sem sol

 aqui perto

 aro de nuvens



esquadros de mim

 no mar

 só a (mar)


um cata-vento de sal

( elke lubitz)    arte Anna Hurtig


Tempo ( matriz)

O tempo era feminino

 Matriz dos dias, 

 Criador das horas

 Gesta o futuro

 sem pressa alguma

 nenhum segredo``

 É feminino, só o nome

 É de menino 

 No fim do tempo 

 Ficam os nomes

 Sempre, meninas

 São as memórias....

 As histórias.....

(elke lubitz)   arte: Presente da página "  Sonhar a realidade" no facebook


sábado, 28 de junho de 2014

Essência

vida:

 Favor devolver

 este perfume 

 Derramado,

 Ficou o aroma

 e

 um frasco 

 Vazio.

(elke lubitz)  arte Karolina Stus

sábado, 21 de junho de 2014

Aos Medos

Nunca é

Escuro

Quando

Fecho

Os olhos.

(elke lubitz)  arte: rosalie denik


quarta-feira, 18 de junho de 2014

Tremor

Vou temer
até
a
Morte

O que

De bom

Em mim.

(elke lubitz) arte victoria audouard


terça-feira, 10 de junho de 2014

La Mer

Viver é atravessar o Mar de Dentro.

(elke lubitz)



Medidas

A vida consiste no saldo entre: O negativo a abstrair e o positivo a agregar.

 Aferição do coração.

(elke lubitz)  arte jason bell


segunda-feira, 9 de junho de 2014

Sonambulismo

A vida intensa vivia adentrando o sonambulismo dos sonhos.

(elke lubitz) arte: shilder hermanus


terça-feira, 3 de junho de 2014

Luausente

Alcanço a maré

 no meio da lua

 espelhos de mim


- água tua


 Lanço ventos

 modulo sons

 restos de mim


- água azul


 Cílios de luz

 piscam no cais

 Ausências assim


 - realidade crua.

(elke lubitz) arte : herb ritts


segunda-feira, 2 de junho de 2014

Pintura ínfima

Corou com blush caro, surpresas ao dia. 

 Porque pálida é a tez da poesia.


(Elke Lubitz)  arte: Nikos Vasilakis




Ascensão

 Em gris de 

 alma

 não há

 luz que

 - Ascenda-

 levita um corpo,

 pesadas carnes

 dos 

 sentidos;

 obras de uma retina

 incompleta,

 um dúbio pouso de cílios

 nas varandas da Noite.

(Elke Lubitz)  arte: Aliza Razell


EcoPoeMa

Eco é a vida da palavra fora do Corpo.

(elke lubitz)




Das Rutilâncias


o menino segura 

 nas mãos

 o "desmundo"


 no para sempre 

 do sonho


 dorme a 

 luz.

(elke lubitz) arte : jordi rios


domingo, 1 de junho de 2014

Viração

Na viração

 do

 Dia,


 Virar ave

 bastaria,


 asa- canto- poesia.

(elke) arte : samy charmine



Trapaças

trapaceio dívidas

 dúvidas


 eflúvios e

 fluídos

 cerebrais


 Deixo a conta

 pago em versos

 o ambidestro


 Texto, que a vida me

 deu.

(elke lubitz)




sexta-feira, 30 de maio de 2014

Desocupa ( Ação )

Sozinho-me em restos

 cantos desocupados

 nas gavetas do destino

 desfaço-me 

 nas rimas perdidas

 em diluído Ser,

 passo no espaço

 do não ser

 - Esquecer -

 Sozinho-me....

(elke lubitz) arte svetlana bekyarova



quarta-feira, 28 de maio de 2014

Vestimenta

Visto-me,

 ramagens soltas

 Voz 

 e 

 vento,


 raíz de mim

 na 

 planta dos 

 pés,


 fruto e cor

 - invento -

(elke lubitz )


Energias


Alguns corações

explodem

feito bombas.

O meu

é um campo

minado

de versos...

(elke lubitz)  arte : aka louise


terça-feira, 27 de maio de 2014

Tesouros

debulha a vida

no cansar dos 

dedos

- ouro a ouro -

linhas das mãos

- tesouro a tesouro -

São fartos os dias

de tantas 

faltas.


(elke lubitz)



(

segunda-feira, 26 de maio de 2014

Plenitude

Vivemos dias plenos á dor da pele.

(elke)





Duras Penas


 


A pena deveria ser a mesma

 para pobres

 e

 RISCOS,


 Não ouso usar

 a 

 Pena,


 Apenas Rabisco.


 (eell)

 arte sasha bassari

 

Seda


é de seda

 o verso

 que fizeste

 maçã cerzida

 em lenços

 de paz

 é de seda 

 a cor da pálpebra

 do sonho

 não, nem pisca

 na seda da dor....

(elke)

Este poema foi para a linda página Sonhar a realidade, uma grande honra!

arte: Christian schloe



Flor

Flor


 A raíz do verso

 é chuva

 que brota

 do 

 chão.

(elke) ...arte : marcela Bolivar




sábado, 24 de maio de 2014

Da vida

Epitáfio:

Tinha aquele sopro no coração.

(eell)

Passagem

Uns passarão,

 ou

 Passarinho...

 eu,

 Bem- te- Li

(eell)  imagem cedida por Mara Nibra



segunda-feira, 19 de maio de 2014

Abismos

Teus abismos me "  montanham",  escalo meus paraísos.

(eell)


Mentiras

Minha mente

- Mente -

Inter
mi

Tente

Mente...

(eell) arte: Boub Doucette


Inundação


Há um segundo


 que me desce todo o céu,

 que me chove

 dentro


 que no leito

 enche e

 água bate

 no

 peito.


 é cachoeira de nuvem

 e não tem

 mais

 jeito....

(eell)


domingo, 18 de maio de 2014

Noite á Flora

Aflora na alma, lá fora cheirinho de flor

 aflora na alma

 a flor

 sozinha


 "florinha"

(eell)   arte: Oprisco




Eternidades

Vivemos o momento


 a vida

 inteira


 com saudade

 do tempo


 futuro


 eterna


 Idade....

(eell)  arte : Oprisco