Viver é atravessar o Mar de Dentro. Elke Lubitz

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Soprinho

A brisa da noite

recolheu em cores

O silêncio

Manhã que arde

no lençol

Alfazema seca

Deita as pétalas

do infinito

em horizontes 

azuis

recobra o sopro

em trino

Ode ao dia:

Supremo dom

da vida.

(elke lubitz)