Viver é atravessar o Mar de Dentro. Elke Lubitz

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Insustentável

Quem dera
Ah,
Kundera,...
Kundera
*
Me sustentasse
essa leveza
do
Não ser.

******(elkelubitz) img J. Couto

sábado, 19 de setembro de 2015

Descanso

A poesia é a relva em que me deito pra descansar a artéria do tempo.
(elkelubitz) imagem Jose Couto

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Tantos Anjos

Era anjo
escultor de ...
Nuvens
pisa manso
usa cinzel,
      *
Era anjo
escultor de
sonhos
pisa manso
Perto do céu.

     **

(elkelubitz) img josecouto

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Rumores


 Calma noite
o lago rumoreja
cálida fonte...
lua alta cintila
cheia
volta e meia
sorri,
trêmulo arbusto
sesteia
no limo da pedra
no topo do mundo
o lago embaixo
rumoreja
O arbusto sesteia,
bem- te- vi.

*****
(elke) imagem jose couto

POESIA

Muitos há que da poesia necessitam, à mim já os pássaros bastam.

**********************
(elkelubitz) imagem: Jose Couto

segunda-feira, 14 de setembro de 2015

horizontes

O infinito
abraça
e
 laça
a linha
perdida
do
meu
horizonte...

*********************(elkelubitz) imagem J. Couto


Poesia

Muitos há que da poesia necessitam, à mim já os pássaros bastam.

***********

(elkelubitz) img cedida pelo poeta J. Couto.

sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Universo

um verso
destecendo
o
universo
*...
corrompe
os fios
da atmosfera
*
sangra
e vinga
caule cético,

aflora
a rosa do destino
*
pressupõe
a volúpia sacra
da colheita
*
é mais um verso
que espreita
é mais um sonho que
deita.

******
elke lubitz, img: jose couto

Tela

Tanta tela...
pouco espaço
tanta tinta
pouco traço
a cor que vinha
da dor que tinha
nem sabia, sabiá
nem an (dor) inha vinha....

- há pássaros que se afogam
nas texturas
do mar.

****
(elkelubitz)  imagem jose couto

quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Procrastinação

Ensaia na vida
ato por ato
ponto por ponto
- e não fica pronto
Dia de estreia

(nasce uma estrela)
No aborto de mais um dia.

******************
(elkelubitz) imagem Jose Couto

Ícaro

Meu coração de sal
derrete aos teus olhos
de sol. *

(elke lubitz) imagem jose couto

Visão

O passado
dos meus
olhos
me
espreita.

*****
(elkelubitz)  arte cesara kolesnik.

 


quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Pa- lavra

As palavras afofam a terra do dias,
Raíz
Semente
Fruto
e...
Cor
*
As palavras são decalques
despreendem-se líquidas
e colam
na
gente

*
Paz
Fluidez
Força
e
Flor.

****
(elke lubitz) Anna O.

Vida

Da página Olávia, edição do meu texto.

segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Metáforas



presente de Neusynha Amaral Cavalcante
Texto : Elke Lubitz

Sonhar a Realidade

Fui passear na linda página Sonhar a Realidade , com muita honra!

domingo, 6 de setembro de 2015

sábado, 5 de setembro de 2015

Atol

Poema de Geu Colicchio Carmine
****************
Cansada
de curta
ConVersa
Dobrei o
Lenço ...
Abri o
Lençol
Ar. qui. pé. La. go
ou
A. tol.




( geu colicchio carmine) arte Michael Whelan

quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Um Poema

 

 

 

 

 

 

 

aquela moça dizia
não ter boas histórias
com o amor
eu ouvia...
calado

a mim parecia
um pássaro
lindo,
raro,
pensando-se inapto
aos céus
aquela moça,
nem sabia,
que o amor clamava por ela
todo
santo
dia
assim,
como um céu
lacrimejante,
frustrado,
incompleto
e
súplice.

**** um poema de Eduardo Ramos

Fotografia

 Fotografia é a Leitura Dinâmica da Poesia.

(elke lubitz) Anna O

Realidade

Realidade é: A fotografia em Movimento.

(elke lubitz)

Edição


Folha

Caí
Da
Folha
Do
Teu 
Verso:

- Desisto.

(elke) imagem Jose Couto

Passado

Visões
*******
O passado
dos meus
olhos...
me
espreita.

*******
elke lubitz  e Anna O. (arte)

Um Rio

há um rio
- nunca navegado
desenha meu peito,
*
mantém bifurcado
há desvios nesse leito
- nascentes
- vertentes
- vertigens
*
tudo me transborda e fascina
nas águas puras do mistério...

(elke lubitz) imagem Clai Mont

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Espelho

A quatro mãos (elke lubitz e geu colicchio carmine )

edição de Neusynha Amaral Cavalcante

Antecipação

Abreviando o barro
sou folha
Imóvel
no
Chão
...
Risco de mim
auto adivinhação
Desconhecida e
frágil
Me envolvo até
a raíz
São sete palmos
em cada mão
- Antecipada terra de mim.

(elke lubitz) imagem Jose Couto