Viver é atravessar o Mar de Dentro. Elke Lubitz

domingo, 7 de julho de 2013

Estiagem

Estiagem verbal 

 rota de ausências,

 manto da noite


 No céu dormente

 da boca 

 MUDA....


 Espreitam solitários

 sorrisos estelares

 de brilho invisível


 em água turva

(elke)