Viver é atravessar o Mar de Dentro. Elke Lubitz

terça-feira, 4 de março de 2014

Rastros


meu pouso 

 nas nuvens

 rastro de lua


 é deserto meu

 inabitado

 ser,


 despojo

 luta

 cansaço 


 adágio meu

 tom,


 de alado presságio


- eu já avisto teus sinais

(eell)