Viver é atravessar o Mar de Dentro. Elke Lubitz

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Cetim

Um pássaro me flutua com seus andrajos de cetim, espia no bico a desconfiança dos homens,

 traça a seta do voo antes do primeiro gorjeio.

 Sabe que no fundo do rio nasce a esperança dos poetas e das crianças.

 Um encantamento disforme faz a grafia da asa e sobe até o algodão do horizonte...

(eell)     a arte é de Daria Petrilli