Viver é atravessar o Mar de Dentro. Elke Lubitz

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Linear

respiro águas claras, campos vastos


 o fio de chuva a passar da linha


 horizonte breve, despontar da aurora


 Deixo estrelas neste rastro móvel;


 azáfamas perdidas, algaravias de aves;


 respiro as asas desta brisa leve


 Passeio dias em um cais perdido


 tombo ao vento , canto oco....


 Vida breve!

(elke)